quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

1º dia de Fashion Rio

ontem começou o Fashion Rio, que apresentará os desfiles das coleções outono-inverno 2012 de várias marcas que adoramos!!

essa edição do evento tem como tema "Sou Rio, essa bossa é nossa" e acontece no Píer Mauá de 10 a 14 de janeiro.

algumas marcas como Têca, British Colony e Totem não desfilarão dessa vez, mas a estilista Bianca Marques, que antes se apresentava no Rio-à-Porter, agora desfilará no Fashion Rio.

o evento ontem foi aberto pelo desfile do estilista Alexandre Herchcovitch e ainda teve as apresentações das marcas Acquastudio, Patachou, Alessa e Cantão.

confiram abaixo algumas fotos dos desfiles de ontem!!

gros bisous

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch (ameiiiii!)

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Acquastudio

Acquastudio

Acquastudio

Acquastudio



*fotos divulgação: Yahoo! Brasil

4 comentários:

  1. Essas caveiras são simplesmente o máximo!!! *-----* Bjs, florzinha do meu coração...

    ResponderExcluir
  2. são demais mesmo, né Aninha?

    eu sou suspeita para falar, já que amo caveirinhas!! hahahaha :p

    beijão, flor

    Dani

    ResponderExcluir
  3. Lágrimas de Areia

    Lá estava ela, triste e taciturna.
    Testemunha de efêmeros conflitos,
    Com um olhar perdido no tempo,
    Não exigia nada em troca
    A não ser um pouco de atenção.

    Sentia-se solitária, oca,
    Os homens admiravam-na pelos seus dotes.
    As crianças, em sua eterna plenitude,
    Admiravam-na muito mais além...
    ... Mais humana!

    De sua profunda melancolia
    Lágrimas surgiram.
    Elas não umedeceram o seu rosto,
    Mas secaram o seu coração,
    O poço da alma,
    Aumentando cada vez mais
    A sua sede.

    Lá ela permaneceu; estática, paralisada!
    Esperando que o vento do norte a levasse
    Para bem longe dali!

    O dia começou a desfalecer.
    Seu coração, outrora seco e vazio,
    Agora pulsava em desenfreada arritmia.
    Desespero!
    A maré estava subindo...

    Em breve voltaria a ser o que era:
    Um simples grão de areia.
    Quiçá um dia levado pelo vento,
    Quiçá um dia... Em um porto seguro.


    Do livro (O Anjo e a Tempestade) de Agamenon Troyan

    ResponderExcluir
  4. Lágrimas de Areia

    Lá estava ela, triste e taciturna.
    Testemunha de efêmeros conflitos,
    Com um olhar perdido no tempo,
    Não exigia nada em troca
    A não ser um pouco de atenção.

    Sentia-se solitária, oca,
    Os homens admiravam-na pelos seus dotes.
    As crianças, em sua eterna plenitude,
    Admiravam-na muito mais além...
    ... Mais humana!

    De sua profunda melancolia
    Lágrimas surgiram.
    Elas não umedeceram o seu rosto,
    Mas secaram o seu coração,
    O poço da alma,
    Aumentando cada vez mais
    A sua sede.

    Lá ela permaneceu; estática, paralisada!
    Esperando que o vento do norte a levasse
    Para bem longe dali!

    O dia começou a desfalecer.
    Seu coração, outrora seco e vazio,
    Agora pulsava em desenfreada arritmia.
    Desespero!
    A maré estava subindo...

    Em breve voltaria a ser o que era:
    Um simples grão de areia.
    Quiçá um dia levado pelo vento,
    Quiçá um dia... Em um porto seguro.


    Do livro (O Anjo e a Tempestade) de Agamenon Troyan

    ResponderExcluir